Escola faz escola

Dia 18, formandos do “Culto à Ciência” de 40 anos atrás vão celebrar. Antes dos detalhes, veja um dos reflexos daquela festa de 1998, na Unicamp, que parou Campinas, foi vista no Brasil todo e atraiu gente de várias partes do mundo. Atenção, principalmente, para esta troca de mensagens, você, que estudou naquele templo e fez Engenharia em Barretos. Seguuura peão!!!

“Prezado Sylvio

Há quanto tempo não nos falamos! Escrevo para contar uma história que poderá render muitas, se você gostar e ajudar a levar essa ideia adiante. Tempos atrás, achei um site que fala do “Colégio Culto à Ciência”, de Campinas. Abrindo a página principal, vi uma seção interessante, que fala das aventuras vividas pelos ex-alunos. É a “Casos e Causos”. E não é que encontrei uma falando do Orlando (Caricchio Boseli)? Gostei e acho que a gente deve criar um “Casos e Causos” dos ex-alunos formados em Barretos — não só de 1973, mas de todos os anos, talvez um link do site da FEB.

Cada um conta suas peripécias. Tantos e tantos casos, falando das repúblicas, da faculdade, enfim do nosso tempo, que nem a “Tesoura de Corte de Ouro do Rotary Club” rasgaria.

Não sai de minha memória o ‘Cultão’, que abraça a cultura e a ciência dessa Campinas Verdejante.”.

Essa mensagem é assinada pelo ‘Teco Stam’ ou José Carlos Pedrosa. O Sylvio a que ele se refere é o Sylvio Ortega, que já conta sua primeira aventura – tomara que todos entrem no site da faculdade, como a gente faz:

“Aconteceu em 1.969, quando cheguei a Barretos para iniciar o curso de Engenharia. Fui ao saudoso Banco do Estado de São Paulo, Banespa, para abrir uma conta corrente e poder receber proventos de meu pai, já que na minha cidade, Dourado, só havia o Banespa. Pediram-me a apresentação de alguém que abonasse minha conta, para ela ser aberta. Mas como? Não conhecia ninguém e era ‘bicho’ da faculdade…

Ao fazer essa pergunta para a atendente da agência, ela me mostrou um senhor que acabara de entrar. ‘E porque ele faria isso?’

— Porque ele é o Sr. João Rocha, ex-prefeito e que abriu a Fundação Educacional de Barretos. Ele abona a de todos os estudantes que o procuram.

Isso tudo, além de me recomendar ao Banespa como se eu fosse seu filho. É um ‘causo’ de gratidão que jamais esquecerei.”.

Para a reunião da turma de 1970 do “Culto”, as adesões vão até dia 31. Esperam colegas até do Canadá e da Alemanha. Interessados devem mandar e-mail para (Gastão: grondino@uol.com.br; Pinduka: grukkaf@ig.com.br; Anselmo: anselmo.conejo@gmail.com; Armandinho: diniz@dpk.com.br; Marcel: marcelcb@terra.com.br e Richter: luis.richter@hotmail.com).

Pregado no poste: “Quem não tem passado não tem futuro”

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *