Padre calouro

Está na rede mundial há tempo. Até quem já conhece vai se divertir.

O novo padre estava nervoso no primeiro sermão. Nem conseguia falar. Perguntou ao bispo como relaxar e ele sugeriu gotas de vodka na água. No domingo, seguiu a sugestão e sentiu-se tão bem, que poderia gritar no meio de uma tempestade, de tão descontraído.

Quando voltou à sacristia, encontrou um bilhete do bispo

“Querido padre:

  1. Da outra vez, coloque gotas de vodka na água e não gotas de água na vodka.
  2. Missal não é para apoiar o copo.
  3. Não use o manto da imagem de Cristo como guardanapo.
  4. São 10 Mandamentos e não 12.
  5. Eram 12 Apóstolos e não 10.
  6. Não se refira à Cruz como aquele ‘T’ grande.
  7. Cristo e os Apóstolos não são ‘JC e sua Banda.’
  8. Davi derrubou Golias com estilingadas, não com chutes na…
  9. O Papa é ‘sagrado’, não ‘castrado’, e não nos referimos a ele como ‘O padrinho’.
  10. O Pai, o Filho e o Espírito Santo não são o Velho, o Júnior e o Aparecido.
  11. Judas não enforcou Jesus e Tiradentes não tem nada a ver com a história.
  12. Hóstia não é chiclete, portanto não tente fazer bolas.
  13. Modere-se no vinho e, mesmo assim, beba-o em uma taça.
  14. Aquela casinha é o confessionário e não o banheiro.
  15. Não se apóie na imagem de Nossa Senhora, nem deve abraçá-la.
  16. Chamar o público para dançar é muito bom, mas fazer trenzinho e correr pela igreja, não.
  17. Limite-se a sermões sobre religião; não fale de futebol e política.
  18. Água benta é para se benzer e não refrescar a nuca.
  19. Hóstias devem ser distribuídas para o povo e não como aperitivo para acompanhar o vinho.
  20. Aquele pregado na cruz é Jesus Cristo e não Raul Seixas.
  21. Edir Macedo não é diretor-financeiro da Igreja Católica.
  22. Sempre use roupas por baixo da batina e não se abane com ela quando estiver com calor.
  23. Nunca, mas nunca mesmo, leia ‘Casos sexuais verídicos’ em uma missa!
  24. O nome do Papa é João Paulo e não Leonardo e nenhum dos dois fez dupla com Daniel.
  25. Belém, onde Jesus nasceu, não fica no Pará.

Nos 45 minutos de missa que acompanhei, notei essas falhas. A missa leva cerca de uma hora e não dois tempos de 45 minutos. Numa missa não se fazem perguntas ao público nem existem cartas e universitários. Onde se reza a missa não é chamado de ‘Palco do Mundo’, mas altar. Aquele sentado no canto do altar o qual chamou de travesti de saia, era eu.

Espero ver tais falhas corrigidas no próximo domingo.

Atenciosamente,

Bispo”

Pregado no poste: “Um alecrim no Largo da Catedral redime os pecados”

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *