Por aí…

Espalharam boato de que Lulla levou intérprete ao congresso de língua portuguesa. E se tivesse levado? Quando o general Figueiredo indicou outro general para embaixador na santa terrinha, recomendou que o colega de farda não se esquecesse de levar um também. Pois, pois!

Assisto a uma novela muito divertida pela Sky, embora até a menina de sete anos faça papel de vilã. O pai dela, então, mata bandido, extrai o sangue e vende para a Hungria. Alega que financia pesquisa científica pra descobrir um tipo de sangue único. Pior: é duro entender a trama, porque há três personagens com o nome de Diogo. Assim, quando alguém se refere ao ‘Diogo’, ninguém sabe de quem está falando. Para facilitar o entendimento, o autor, dia desses, matou um deles, Qual? A partir daí, um assassino trai o pai com a madrasta; a mocinha é mais feia do que o vilão; um cientista ficou viúvo e não percebeu, porque a cunhada, gêmea da que se matou, ocupou o lugar. Juro!

Dependendo do vereador, cinco meses de mandato são suficientes para fazer 50 anos em cinco. Sabe por que um vereador só chama o outro de “nobre”? É porque nenhum deles representa o povo. Tanto que trocaram uma de três e mil e qualquer coisa por qualquer coisa de dois mil e tanto.

Um neurologista apareceu na televisão dizendo que a quetamina, antigo anestésico para animais, combate a depressão dos seres humanos. Liguei para a estação perguntando se não corria o risco de o paciente abanar o rabo. Nossa! O médico me esculhambou e o apresentador me disse que o programa era sério.

Programa ao vivo dá nisso. Gravado, também. Quando dona Globo mandava sozinha no pedaço e se vangloriava de seu padrão de qualidade, acredite, o repórter Ricardo Kotscho e o comentarista político Newton Carlos não foram aceitos porque eram considerados “feio” por aquela senhora Alice (ou anchova, sei lá!).

Quase estoura a guerra entre Chile e Argentina pelo Canal de Beagle (lembra?). O repórter Sérgio Motta Mello, correndo risco de levar uma fuzilada na orelha, foi o único do mundo a chegar ao canal e mostrar: “É por esta faixa de água que os dois países estão em pé de guerra…” A reportagem não foi ao ar. Ela disse que a gravata do Sérgio estava torta.

Pregado no poste: Começou o mês de agosto”

 

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *