Dominique-nique-nique

O canal TCM (Sky 70) convida seus telespectadores a escolher “os 50 filmes que você não pode deixar de ver antes de morrer.”. Estão lá “Sabrina”, “Rainha Christina”, “Jezebel”, “Johnny Guitar”, “Laços de ternura”, “Winchester’73”, “Morte em Veneza”, “Os intocáveis”, “Império do sol”, “Os corruptos” (não é em Brasília), “Último tango em Paris” (não é com Guido Mantega), “Poltergheist”, “Dr. Zhivago”, “Gandhi”, “Nasce uma estrela”…

Já é a quarta edição. Desfile de Judy Garland, John Wayne, Burt Lancaster, Tony Curtis, Rita Hayworth, Brigitte Bardot, Catherine Deneuve (não confundi-la com nossa mestra Quinita Sampaio), Cláudia Cardinale, Liv Ulmann (leve duas, leve três…), Gina Lollobrigida, Pier Angeli, Greta Garbo… Até agora, nenhum filme brasileiro, embora se saiba que apesar dos ‘abacaxis’, vamos muito além de “O pagador de promessas” e do “Assalto ao trem pagador”. Ausência total até dos bons filmes feitos em Campinas. Quem não sabe basta conversar com o José Roberto Piantoni, que entende tudo de filme e de basquete, desde quando se chamavam fita e bola ao cesto. Pois é: antes de jogar basquete, o Piantoni jogou bola ao cesto… Quando o Brasil era bicampeão mundial e as equipes eram Tênis, Gasômetro, Regatas, Sírio, XV de Piracicaba, Bagres de Franca, Flamengo, Pinheiros, Corinthians (vá lá…), Ponte Preta de Karina, Paula e Hortência — Ferrari, Ditinho e Diogo, jamais.

Trazendo a iniciativa da TCM para os discos, podemos instituir uma lista inversa das 50 músicas que você NÃO deve ouvir antes de morrer. Caso contrário, poderá morrer ao ouvi-las, pois assim se deu com muita gente. Atenção para não escolher as mais peçonhentas, que estão fora de série. Por exemplo: Datemi un Martello (tomou na testa), Menino do Rio (afogado), Prelúdio pra ninar gente grande (disfarçada de ‘Menino Passarinho’, que levou uma estilingada quando a Hebe cantou pela milésima vez para castigar o auditório), Bat Masterson (sabe o que fizeram coma bengalinha dele?), Babalu (nem a Ângela Maria agüenta), Passo do elefantinho (virou massa de tomate na Cica), Conceição (subiu, todo mundo viu, mas não conta pra ninguém). Vote em quantas quiser e mande para jequitis@uol.com.br.

Pregado no poste: “A turma lá em casa (não) é do manda brasa…”

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *