Você já passou?

Tenho um amigo muito preocupado com a passagem dos 50 anos. Parece que a barriga já lhe esconde os documentos; não consegue vestir a cueca em pé; uma lágrima de saudade rola quando vê pôster da Palyboy nas bancas; não acha ruim carregar guarda-chuva pra lá e pra cá; na Treze de Maio, pergunta: “Ué! Cadê o teatro? Cadê os bondes?”; quando o telefone toca, atende a porta; abre o Correio e vai direto às “notas de falecimento”; chama o Jardim Itatinga de “bairro das meninas”… Agora, esse meu amigo (é o Geraldo Trinca, vou entregar logo…) mandou uma listinha de outros sintomas. Acho que ele pescou na rede mundial:
1. Os seqüestradores não se interessam muito mais por você.
2. Entre os reféns é um dos primeiros a ser libertado.
3. Alguém telefona às nove da manhã e pergunta: “Te acordei?”
4. As coisas que comprar agora não chegarão a ficar velhas.
5. Pode viver sem sexo, mas não sem os óculos.
6. Curte ouvir histórias das cirurgias dos outros.
7. Você dá uma festa e os vizinhos nem percebem.
8. Pára de tentar manter a barriga encolhida, não importa quem entre na sala.
9. Cantarola junto com a música do elevador.
10. Suas articulações são mais confiáveis do que o serviço de meteorologia.
11. Se sua mulher diz “vamos subir e fazer amor”, você responde: “Escolha uma coisa ou outra, não consigo fazer as duas!”.
12. Você recebe aquele olhar de um mulheraço, e seu o marcapasso abre a porta da garagem.
13. Você descobre que as rugas somem do rosto da sua mulher quando ela está sem sutiã.
14. Você não quer nem saber onde sua mulher vai, contanto que não tenha de ir junto.
15. Você é avisado para ir devagar pelo médico, e não pelo policial.
16. “Funcionou” significa que hoje não precisa ingerir fibras nem tomar laxante.
17. “Que sorte!” significa que você encontrou seu carro no estacionamento.
18. “Uma noite e tanto” significa que você não teve de se levantar para fazer xixi.
19. Quando toma sopa, amarra o guardanapo no pescoço.
20. Chama motorista de táxi de chofer de praça?
Pregado no poste:

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *