Sem futuro

Caio Renato Vinha, engenheiro construtor de marcapassos, indignado com o estado do ensino no Brasil, manda aberrações perpetradas no vestibular da Universidade Federal do Rio de Janeiro. Se você se revoltar, ele faz um marcapasso para você:

Geografia – A capital de Portugal é Luiz Boa. A Geografia Humana estuda o homem em que vivemos. Oceano é onde nasce o sol; onde ele nasce é o nascente e onde desce decente. A Terra é um dos planetas mais conhecidos no mundo. As constelações servem para esclarecer a noite. As principais cidades da América do Norte são Argentina e Estados Unidos. O clima de São Paulo é assim: quando faz frio é inverno; quando faz calor é verão; quando tem flores é primavera; quando tem frutas é outono e quando chove é inundação. Os plantetas são 9: Mercúrio, Venus, Terra, Marte. Os outros 5 eu sabia mas como esqueci agora e está na hora de entregar a prova, o sr. não vai esperar eu me lembrar, vai?

Redação — O Brasil é um país abastardo, com um futuro promissório. O maior matrimônio do País é a educação. Precisamos tirar as fendas dos olhos para enxergar com clareza o número de famigerados, que almenta. Os analfabetos nunca tiveram chance de voltar à escola. O bem star dos abtantes endependente de roça, religião, sexo e vegetarianos está preocudan-do-nos. É preciso melhorar as indiferenças sociais e promover o saneamento de muitas pessoas. Também preoculpa o avanço regesssivo da violência. O hino nacional francês se chama La Mayonèse…

História — Resposta a uma pergunta: ‘Não cei’. Tiradentes depois de morto foi decapitulado. Entres os índios de América, destacam-se os aztecas, os incas, os pirineus, etc…. A História se divide em 4: Antiga, Média, Moderna e Momentânea (esta, a dos nossos dias). Em Esparta as crianças que nasciam mortas eram sacrificadas. No começo os índios eram muito atrazados mas com o tempo foram se sifilizando. Entre os povos orientais os casamentos eram feitos ‘no escuro’ e os noivos só se conheciam na hora h. Em homenagem a Gutenberg, fizeram na Alemanha uma estátua, tirando uma folha do prelo, com os dizeres: ‘E a luz foi iluminada’. No tempo colonial o Brasil só dependia do café e de outros produtos extremamente vegetarianos.

Pregado no poste: “O que dá pra rir dá pra chorar.”

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *