Sem ele…

Em 1893, muito antes da primeira experiência realizada por Marconi, o gaúcho padre Landell de Moura realizava, nesta esquina de São Paulo, onde está a Rádio Jovem Pan, a primeira radiotransmissão da história. Oito quilômetros em linha reta, daqui para o bairro de Santana. Teve de fazer tudo sozinho, porque diziam que falar aqui e ser ouvido do outro lado da cidade era coisa do diabo. Foi expulso.

Hoje, 116 anos depois, no mesmo lugar onde o rádio começou a história da comunicação em tempo real entre os homens, um homem ímpar lança um livro onde afirma que “Ninguém faz sucesso sozinho”. Mas se ele é um homem ímpar, só pode fazer sucesso sozinho… Caso contrário não seria ímpar, embora todos os que fazem sucesso de verdade se consideram seus pares.

Ele está na origem da jornada de cada estrela que brilha na história do Brasil, na nossa história do esporte, da música, da dramaturgia, da ciência, do jornalismo e da fé. Ele é Antônio Augusto Amaral de Carvalho, filho do Marechal da Vitória, aquele que tirou dos brasileiros o que chamavam de “complexo de vira-latas”. Um Machado de Carvalho jamais viveu para derrubar árvores, mas para semear todas, nenhuma delas eucalipto, sempre madeira de lei.

Já passou pela sua cabeça relacionar quantos artistas, esportistas, jornalistas, dramaturgos, cientistas, professores devem tudo o que são às oportunidades oferecidas por essa família? A moderna música brasileira inteirinha, enquanto houve liberdade. As duas primeiras Copas do Mundo, tudo com dedicação, seriedade e amor ao Brasil. São patriotas, não negociam, não se omitem nem se demitem.

Como amanhecer trabalhando sem saber o que acontece, visto pelos olhos nos quais podemos confiar? Esta rádio do seu Tuta não deixa para amanhã o que você precisa saber hoje, no mundo ou na esquina da sua casa. E mais do que todas, é ela quem sabe o que nós precisamos saber. Imagine se deixar perder por futilidades mundanas, fofocas, futricas, enquanto há um mundo pronto para nos engolir. A diferença é que antes que isso aconteça, a rádio do seo Tuta digere o mundo para nós. Nesta casa, aprendemos que ninguém trabalha para o patrão, porque o patrão é o primeiro que trabalha para a sociedade.

Jovens, adultos, vovós e vovôs, gente que nem viu a magia daqueles atletas brasileiros buscarem nosso orgulho merecido na Suécia e no Chile é capaz de dizer, um a um, o nome dos bicampeões do mundo forjados pelos Machado de Carvalho – mas duvido que todos saibam dizer pelo menos meio time vencedor da Copa dos Estados Unidos. A diferença é que aqueles fizeram sucesso com os Machado de Carvalho. Entraram para a história, porque fizeram história.

Até hoje esta cidade canta e assobia Roberto, Erasmo, Chico, Gil, Caetano, Edu, Vandré… Chora Nara, Elis, Elisete, Ciro Monteiro, Simonal, Isaurinha, Chico Viola, Tom e Vinícius. Mas ninguém tem por que guardar na alma o primeiro lugar nas paradas de hoje. É que aqueles cantaram sob o impulso dos Machado de Carvalho.

E o meu, o nosso, o Seu Tuta diz que ninguém faz sucesso sozinho. Verdade: todos fizeram sucesso com ele, porque sem ele… Sem ele, nem esse pedaço mais bonito da nossa história teria acontecido.

Seo Tuta, em nome de São Paulo, muito obrigado.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *