Quem disse?

Coleção completa dos discursos de Severino Cavalcanti para quem acertar:

“Quando se aposentarem, por favor, não fiquem em casa atrapalhando a família. Procurem alguma coisa para fazer.”

“Vejo aqui companheiros portadores de deficiência física. Estou vendo o Arnaldo Godoy sentado, tentando me olhar, mas ele não pode porque é cego. Estou aqui à tua esquerda, viu, Arnaldo! Agora, você está olhando pra mim…”

“Não adianta ter um bando de generais e de soldados.” Dito justamente no Clube do Exército.

“Não é mérito, mas, pela primeira vez na história da República, há um presidente e um vice-presidente que não têm diploma universitário. Possivelmente, se tivessem, poderiam fazer muito mais.”

“Cheguei para fazer as coisas que precisavam ser feitas e que muitos antes de mim foram covardes e não tiveram coragem de fazer.”

“Estou otimista, porque estamos reduzindo as taxas de interesses.”. Só que ‘tasa de interés’ significa, em espanhol, taxa de juros. “Taxas de interesses” não significa nada em língua alguma.

“Há males que vêm para bem.”. Agradecimento ao presidente da Rússia, pelo apoio às investigações do acidente de Alcântara, quando morreram 19 técnicos.

“O bom de ser governo é do dia em que você é eleito até a posse. Depois, é só problemas.”

“Por que em vez de perguntar, você não enche a boca de castanha?”

“Se fosse fácil resolver o problema da fome, não teríamos fome. Deus pôs os pés aqui e falou: ‘Olha, aqui vai ter tudo. Agora, é só homens e as mulheres terem juízo, que as coisas vão dar certo’.”

“Sou filho de uma mulher que nasceu analfabeta.”

“Estou com uma dor no pé, mas não posso nem mancar, para a imprensa não dizer que estou mancando porque estou num encontro com os companheiros (atletas!) portadores de deficiência.”

“O objetivo (desta competição) é conquistar vagas para os jogos paraolímpicos de Antenas (sic), em 2004, nas modalidades basquete, vôlei masculino e feminino e adestramento. E aumentar a quantidade de vagas em atletismo, natação, ciclismo e esgrima. Todos vocês vão competir a uma vaga para Antenas (sic)? E quem acha que vai ganhar? Levante a mão aí para ver.”

“Um brinde à felicidade do presidente sírio!”. O presidente sírio não se levantou nem ergueu a taça: muçulmanos não tomam bebidas alcoólicas.

“O mínimo deveria ser de R$ 1.100,00 se levasse em conta o valor real de 1939. Os que recebem o mínimo deveriam receber pedidos de desculpas.”

“Quando Napoleão foi à China”.

“… a galega engravidou logo no primeiro dia, porque pernambucano não deixa por menos.”

“Estou surpreso porque, quem chega a Windhoek não parece que está num país africano.” Em Winkhoek, capital da Namíbia.

“Um país que constrói um monumento daquela magnitude (Taj Mahal) tem tudo para ser mais desenvolvido do que é atualmente.”

“Em qualquer lugar do mundo que eu vou, eu tenho que levar flores ao túmulo do herói nacional. No Brasil não tem.”

“Pobre do país que precisa de heróis para defender a dignidade. Pobre do país que precisa de mártires para defender a liberdade ou de mortos para defender a vida.”

“O governo tenta fazer o simples, porque o difícil é difícil.”

“O Atlântico é apenas um rio caudaloso, de praias de areias brancas, que une os dois países.”

“Conheço o Panamá só de dormir. Sempre que eu ia a Cuba, tinha que dormir uma noite lá.”

“Na Amazônia, vivem 20 milhões de cidadãos que têm mulheres e filhos. Mulheres e filhos são apêndices dos cidadãos…”

“O continente sul-americano e o continente árabe (sic) não podem mais, no século XXI, ficar à espera de serem descobertos.”

“O Brasil só não faz fronteira com Chile, Equador e Bolívia.”

“Um dia acordei invocado e telefonei para o Bush.”

“Não pensem que vocês fizeram pouca coisa na história da humanidade, não. Possivelmente o cidadão que votou em mim não tem consciência do gesto dele num país importante como o nosso.”

“Por muitos anos o Brasil não pôde sequer conversar com a Líbia porque os americanos não gostavam dos libaneses.”

“Eu fui agora ao Gabão aprender como é que um presidente consegue ficar 37 anos no poder e ainda se candidatar à reeleição.”

“Todo brasileiro tem motivos para se sentir otimista. As perspectivas só são ruins para os desempregados.”

O autor dessas declarações é:

  1. a) José Sarney
  2. b) Itamar Franco
  3. c) Maguila
  4. d) Giovanni Improta
  5. e) Nenhuma das anteriores

Pregado no poste: “Lula foi vaiado e aplaudido ou aplaudiam quem vaiava?”

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *