Perna de político

Há quarenta anos, Mary Quant anunciava a minissaia. Você se lembra da primeira que você viu? Quem vestia? Imagine: no Teatro Record, Hebe Camargo perguntou à Elis se ela teria coragem. E a nossa “Pimentinha” ficou vesga, como ficava quando provocada: “Só se a platéia se mudar lá pra trás!”

No Colégio “Culto à Ciência”, para espanto dos mestres (mais das mestras), o aluno Waldemar Cecconi Sobrinho sapecou na lousa: “Viva! Chegou a minissaia! Logo veremos o encontro triunfal da barra com a cintura…”. De fato, as garotas, no fim das aulas, começavam a enrolar a saia do uniforme na cintura, para exibir os… joelhos, na volta pra casa.

A Avenida Francisco Glicério, ali na frente do Sanducha, embaixo do Hotel Términus, era a passarela preferida. Nas mesinhas e banquetas da lanchonete das Lojas Americanas, aconteciam as mais provocantes cruzadas de pernas da história. Dessa cena nasceu a expressão “V-8”, transferida do nome do grande fotógrafo destas campinas para as calcinhas, que passaram a ser vistas, descobertas e vestidas, depois da minissaia. Antes, só na imaginação e nas fotografias.

Hoje, o que mais se vêem são joelhos e umbigos a desfilar por aí. As ruas da cidade ganharam novo espetáculo: a subida e descida das jovens nos bondes. Nos ônibus, a festa era lá dentro. Nas meninas que viajavam em pé, segurando o balaústre para se equilibrar, a minissaia subia muito além do esperado. Sentadas, era um tal de puxar para baixo, porque nos ônibus também se viajava frente a frente e as “V-8” se revelavam em todas as cores – sem trocadilho. Deus é justo, mas aquelas minissaias…

Em 1966, com 32 anos, Mary Quant foi receber a Ordem do Império Britânico das mãos da rainha, vestindo minissaia. “De alguma forma, as moças de Londres têm pernas belíssimas”, declarou. Mary nunca tinha vindo ao Brasil. Ainda bem, porque aqui ela encontraria hoje, além das pernas mais belíssimas, o presidente da Câmara de Ribeirão Preto vetando o uso da minissaia na egrégia, quarenta anos depois. Nem na missa.

Pregado no poste: “Político veta minissaia porque tem até as pernas feias”

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *