Naquela lista falta tudo

Devagar com o andor que a macaca é de ferro. Não vou crucificar a Listel só porque ela se esqueceu de colocar a ‘Nega Véia’ naquela lista comercial de Campinas. Essa é a omissão mais corriqueira do mundo: o mais importante fica de fora. Uma vez, o Jornal da Tarde fez uma reportagem de quatro páginas sobre um São Paulo X Palmeiras no Morumbi, justo o “choque-rei”, contando tudo, até a cor da cueca do juiz, o incômodo dos carros na porta das mansões, a menstruação da locutora do estádio e o mendigo, cujo filho, governador do Estado, morava e governava ali perto. Mas quem leu aquela magnífica cobertura ficou sem saber quanto foi o jogo…

Um dia, saí de casa, atravessei a cidade e cheguei a um camelô perto do Mercadão, ali na Álvares Machado, só para ele gravar meu nome na caneta Parker. Uma curtição. Vendi muito jornal velho para o açougue do seo Pires, pai do Cilinho e da Neide Ester, economizei e fui contente atrás do camelô. Quando cheguei, ‘Ih! Cadê a caneta?’ Ficou em casa…

Só fui me lembrar de que era padrinho de um casamento duas horas antes; nem tinha avisado aquela santa que mora aqui em casa de que a madrinha era ela. Conseguimos a façanha de chegar mais atrasados do que a noiva.

O cineasta francês Roger Vadim teve três ex-mulheres fantásticas na vida, entre elas Brigite Bardot, Catherine Deneuve e Jane Fonda. Há uma quarta, ou quinta, sei lá. Só sei que no fim das férias, dia de devolver os filhos – um com cada uma, menos com a Brigite –, ele embarcou os três no aeroporto de Orly, só que trocou as “encomendas” e cada mãe recebeu o filho da outra.

Ah! O Pelé não se esqueceu de que tem uma filha? O Lula não se esqueceu do que prometeu no palanque? Dona Izalene não se esqueceu do programa que a elegeu com seo Toninho? Nossa nobilíssima e humanitária Secretaria da Cultura não se esqueceu de programar Carlos Gomes na Semana de Carlos Gomes? (Mas de Stalin, suas torturas e genocídios eles não se esquecem, jamais).

Por essas amnésias da vida, a Listel se esqueceu da Macaca, um dos símbolos de Campinas. E o badalado Guia Quatro Rodas, da Editora Abril? Na edição de 1997, a gente procura na lista de restaurantes de Ribeirão Preto e… Cadê o Pingüim? Justo ele. Quem quer saber onde fica Ribeirão, sabe que está em volta do Pingüim. E quem quer saber da Ponte Preta, sabe que é um estádio majestoso cercado por uma cidade cheia de… bugrinos, ora essa!

Pregado no poste: “O União São João não ganha nem do Guarani”

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *