Foi roubado. Ou não?

Imagine a emoção. Modorrenta tarde de sábado e, no meio do cochilo, vejo na TV o bonde 3 (Guanabara) descendo a Barão Geraldo de Resende em direção à Zé Paulino. Junto às calçadas, aqueles Fordões, Dodge, Chevrolet, De Sotto, Skoda, Prefect, um mundo de gente de chapéu – fabricados no Cury, ali pertinho –, mangas arregaçadas e suspensório. Alguns, de paletó e gravata. Elas, de vestido rodado e permanente no cabelo. Mas onde vai todo mundo? Dormi quando acabou o “Terra da Gente’, acordei meio século atrás, perto de casa. Aparece uma arquibancada lotada e, na torcida, os grandes Mário Pontes Melillo e Sinésio Pedroso transmitindo um jogo de futebol.

Acordei no pulo. Era o “Grandes Momentos do Esporte”, da TV Cultura, celebrando o jubileu de ouro da entrada do Guarani na Divisão Principal do futebol de São Paulo – de onde nunca mais caiu. Ouviram, pontepretanos? (Também, nunca foi campeão.). A turma da Cultura descobriu uma preciosidade cedida pela Gravídeo Produções – imagens dos quatro jogos que decidiram o torneio de acesso de 1949. Era fevereiro de 1950. Uchoa, Linense, Batatais e o Bugre disputando a chance. Deu nóis!

O bonde estava lotado na porta do “Pastinho”. Foi o jogo em que enfiamos cinco no Batatais e revelou Dorival, então com 17 anos. Antes da partida, aparecem seo César Contessotto, nosso maior presidente, e o já ex-craque Leônidas da Silva, prestigiando o Bugre em seu estádio – se é que se podia chamar aquilo de estádio. Depois, uma festa nas ruas, pela vitória. Muita gente vai se reconhecer e lembrar de si mesmo, 50 anos atrás, vendo aquele documento de ouro.

O programa terminou com a final no campo do Juventus, em São Paulo: 2 a 1. O Batatais fugiu, protestando. Disseram que no segundo gol, o da virada, Godê passou a bola com a mão para o Dorival. O filme não mostra. Até hoje, aqui em Batatais, dizem que foi roubado. Eles não esquecem. Quando vou até lá, falo que “sou de Campinas, mas não gosto de futebol”…

Pregado no poste: “Se o CT virar shopping, o Bugre cai”.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *