Fim do mistério!

Nem que seja só para se divertir. Mas saiba que, enquanto você se diverte, outros, há muito tempo, ganham bastante com essa diversão. É só ir à página de ‘Negócios e Oportunidades’ dos ‘Classificados’, aqui do “Correio Popular”. É ótima. Muito melhor, por exemplo, do que a de política. Só tem gente boa, comprando, vendendo, fazendo negócios honestos.

Viajando por ali outro dia, encontrei alguém querendo trocar uma cadela pitebul por… por… um telefone celular! Algum dia você imaginou uma fera barganhada por telefone? Ainda se fosse a Ana Paula Arósio… (Pare com esse risinho maroto, que sua mulher está atrás de você, e vamos em frente.) Mais adiante, veja que dupla oferta inesperada: “Vendo fêmea de Dálmata e um aquário completo”. Completo? Já vem com peixe e vara de pescar? Isca, anzol, tudo?

E agora, essa! Alguém troca dois casais de avestruzes (cruzes!) por um carro ou moto! E garante que os casais têm ótima produção. É o único jeito, porque cruzar (cruzes!) moto com carro dá lambreta com capota.

Enquanto uma pessoa vende alianças para bodas de prata, a Silvana sumiu do emprego — um bufê — e a patroa diz que já faz mais de um mês. Volta, Silvana, que emprego está difícil hoje em dia. Você, também, Marta. A Adélia diz que voltou – a jogar búzios.

Olha este: “Ajuda espiritual para união e desunião”. O que será isso? Mas logo abaixo, alguém oferece “alianças com garantia”. Já sei: se alguém trocar essas alianças no altar ou no cartório, jamais se separará. Para a festa, uma novidade: “bolo personalizado com foto estampada no glacê”. Quer comprar a “bicicleta do Batman”? Ela voa? Você achou o talão de cheques do Maurício Carlos, da Nossa Caixa? E o talão de notas do Márcio André Secco?

Esta oferta é imperdível. Poderia se chamar “Viagra de pobre”, mas é o “amendomax”. Ao lado, uma anunciante promete “Massagem em local próprio” – você sabe onde fica esse “local próprio”? Deve ser onde não faz cócegas. Um casal vende jogo de quarto completo. Será que acabou? Ah se essa cama falasse!

Tem de tudo: caixa d’água usada, carroça, reforço para casas trincadas (!), coleção com 4.300 cartões telefônicos, camiseta para políticos a R$ 2,80 (vale mais do que muitos candidatos…), forro usado (até isso!), detetive particular para todos os casos… Uma loucura. Quer mais? “Disque Laranja” (alguém se oferecendo para político corrupto?); “Disque Mandioca” (não seria “descasque”?). E entre as Bia, Carol, Dri, Kelly, Mila, Ádria, Baianinha, Vity, Saritha… há uma Capitu. Aproveite, ligue, pergunte se ela traiu mesmo o Bentinho e acabe com o maior mistério da nossa literatura. O número do telefone dela saiu no dia 19 de maio.

Pode crer. Qualquer dia você lerá anúncio de gente vendendo armário embutido e outro procurando apartamento importado.

Pregado no poste: “Político competente – Procura-se”

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *