Cuidado com a televisão

(Já existem tantos bandidos roubando o povo no Brasil, que a Interpol vai adotar também o Português como língua oficial, para facilitar as investigações.)

Você tem o péssimo hábito de ver televisão? Ver TV não é hábito, já é vício, porque o que apresentam na tela é uma droga. Fora algumas emissoras educativas e boa parte da programação local das afiliadas, dá nojo.

Um médico amigo, lá de Campo Grande, José Palhano, disse que um professor, José Roberto Mathias (conhece?), colheu alguns comentários de estudantes sobre a televisão. Ele chama os textos dos alunos de “pérolas”, “aberrações” e outras baixarias. Mas que nível de manifestação se pode esperar de quem é viciado em televisão? É tudo resultado desse vício, que impede às vítimas pensar, ler, escrever e falar corretamente. Coitados. Alguns ainda têm consciência dos estragos provocados pela dependência.

Segue a lista, com o devido respeito à ortografia e à indigência mental, digna de muitos políticos brasileiros:

“A TV possui um grau elevadíssimo de informações que nos enriquece de uma maneira pobre, pois se tornamos uns viciados deste veículo de comunicação.”

“A TV no entanto é um consumo que devemos consumir para nossa formação, informação e deformação.”

“A TV se estiver ligada pode formar uma série de imagens, já desligada não.”

“A TV deforma não só os sofás por motivo da pessoa ficar bastante tempo intertida como também as vistas.”

“A televisão passa para as pessoas que a vida é uma conta de fábulas e com isso fabrica muitas cabeças.”

“Sempre ou quase sempre a TV está mais perto de nosco… Fazendo com que o telespectador solte o seu lado obscuro.”

“A TV deforma a coluna, os músculos e o organismo em geral.”

“A televisão é um meio de comunicação, audição e porque não dizer de locomoção.”

“A TV é o oxigênio que forma nossas idéias.”

“…por isso é que podemos dizer que esse meio de transporte é capaz de informar e deformar os homens.”

“A TV ezerce poder, levando informações diárias e porque não dizer horárias.”

“Nós estamos nos diluindo a cada dia e não se pode dizer que a TV não tem nada a ver com isso.”

“A televisão leva fatos a trilhares de pessoas.”

“A TV incomoda aos teles inspectadores.”

“A informação fornecida pela TV é pacífica de falhas.”

“A televisão pode ser definida como uma faca de trez gumes. Ela tanto pode formar, como informar, como deformar.”

Pregado no poste: “você ainda se lembra de quando aqui havia uma cidade?”

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *