Começo

Nosso prefeito, o José Roberto Magalhães Teixeira, apareceu todo elegante e simpático no programa “Opinião Nacional” da TV Cultura, abrindo a temporada da programação deste ano. Falou para a Maria Lins sobre avenidas, águas, salários dos médicos, intervenção no Banespa, inchamento da máquina administrativa, tudo. Fiquei pensando: será que já começou a campanha sucessória do goverrnador Mário Covas ? Pô! O homem nem bem assumiu e já estão invadindo a TV Cultura com uma revoada de tucanos ?

Na festança da posse do Fernando (o Henrique, não o Collor), o secretário do Meio Ambiente de São Paulo, Fábio Feldman, e o ministro do Meio Ambiente, Gustavo Krause, se estranharam. Um virou a cara para o outro. Juntos, esses dois não são capazes de fazer um ambiente inteiro ? Vai continuar “meio” ambiente e, por cima, poluído por picuinhas políticas ?

No último dia de agonia do governo Fleury, o Banco Central interveio no Banco do Estado de São Paulo, o tal de Banespa. De cara, botaram 1.300 funcionários no olho da rua. O trabalhador perde o emprego, castigado pela incompetência dos culpados, que, claro, continuarão impunes. Começou bem o novo governo, né ? Igual aos outros.

De todos os chefes de estado e de governo presentes à posse do presidente novo, o único que demonstrava cabeça fresca era o gentil homem Mário Soares, sempre cordial, como acontece com os portugueses. A Interpol descobriu um plano para matar o chefe paraguaio, Wasmosy. O do Chile e o da Bolívia pediram um lugar no Mercosul. O do Peru  (ele tem a cara do Ueki. Lembra ? O japonesinho do Geisel.) veio com a primeira filha, porque a primeira dama brigou com ele. E o Fidel não veio, porque perdeu o lugar na balsa.

Lá em Cuba, já não o chamam mais de “comandante”, mas de  “almirante balseiro”.

Na cerimônia de posse do Fernando Henrique Cardoso, lá no Congresso, eu o vi de braços abertos, entre o Inocêncio Artesiano de Oliveira e o Humberto Calendário Lucena. Por um momento, a imagem de Jesus Cristo me passou pela cabeça…

Mas nem tudo foi ruim neste começo de ano. Vi o anúncio de que estão lançando um novo disco da Elis Regina. Ouvi. Ela está cantando cada vez melhor. A  música foi inventada para ela.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *