Bomba, pombas, cruéis e heróis

“O Largo do Rosário transformou-se num grande palco. As centenas de pessoas foram afastadas. No meio do trabalho de isolamento do local, apareceu um candidato a vereador – ‘Tonhão da Rapadura’ – que por meio de um megafone fazia sua campanha. Um grupo de cabos eleitorais de um candidato a prefeito – Luiz Carlos Rossini (PMDB) – também aproveito a aglomeração de pessoas para gritar o número, o nome e frases de efeito.”. Assim observou o repórter Bargas Filho, na edição de sábado do nosso “Correio Popular”, em meio à sua dramática descrição da bomba que a polícia detonou no coração de Campinas. Ela foi arrancada de uma casa de bingo, por um herói anônimo que arriscou a própria vida para salvar a de centenas de jogadores e de todos que passavam pelo largo, logo depois do almoço de sexta-feira.

A foto do Marcos Ribolli na primeira página é retrato de uma Campinas inacreditável. Enquanto policias de um esquadrão especial desarmavam a ameaça que pairou sobre nossa cidade, pombos propunham a paz, em revoada sobre a cabeça dos insensatos que teimavam em sem aproximar do perigo. E sobre as cabeças daqueles que se aproveitavam da tragédia iminente para anunciar que são candidatos a cargos que não merecem – posto que quem almeja cuidar e desenvolver uma comunidade não se aproveita do risco de morte que ela corre para se exibir. Todos que foram vítimas daquele deboche devem pensar bem antes de votar.

A população foi salva pelo coragem e desprendimento de um trabalhador que prefere o anonimato dos que fazem o bem sem olhar a quem. E pela perícia de homens que escolheram a profissão de correr perigo em lugar de seus semelhantes. Entre aqueles que exploravam a fé pública diante da morte e os que salvaram o público da morte, nossa Campinas estaria muito melhor servida se em vez daqueles, pudesse escolher um destes para estar na Câmara ou no Palácio dos Jequitibás.

Pregado no poste: “Faça do seu voto uma arma”

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *