As últimas de mães

Quico: “Mamãããe! Posso entrar na piscina?”

  1. Florinda: “Claro, Tesouro! Mas não vá se molhar…”

 

— Meu filho fez dois anos ontem e já está andando há seis meses!

— Nossa! Então ele já deve estar bem longe!

 

Café da manhã:

No barraco: “Mamãe já foi trabalhar…”

Na mansão: “Mamãe ainda não chegou.”

 

Dois perdidos

— Espero que você tenha entendido tudo o que eu lhe falei, meu filho, porque um pai que não se comunica não se faz entender por seu filho. É um verdadeiro ignorante, um estúpido. Entendeu?

— Não, papai.

 

 

Conselho materno 1:

— Divirta-se, minha filha, mas porte-se bem, ouviu?

— Ora, mamãe, ou uma coisa, ou outra…

 

Conselho da mãe portuguesa:

— Mamãe, atrasei-me e perdi o avião; saio amanhã no mesmo horário.

— Meu filho, não faça isso, senão você vai perder o avião novamente!

 

A mãe, digamos, oxigenada:

— Como foi a aula hoje, filhote?

— Hoje, aprendemos álgebra!

— Que bonitinho! Então fale pra mamãe: como se fala “bom dia” em álgebra?

 

Entre amigos:

— E aí? Encontrou-se com a minha mãe ontem?

— Claro! Pô, João… Sua mãe é perfeita!

— É verdade…

— Ela faz de um jeito… Indescritível!

— É… Até eu, que sou filho, já provei!

— Lógico! Se eu estivesse no seu lugar, ia querer todo dia! Quem me dera, ter uma mãe massagista!

 

Vixe!

— Mamã, Mamã… Chegou o padeiro. Tens dinheiro hoje ou eu tenho que ir brincar lá fora outra vez?

 

Tal mãe…

— Menina, se sua mãe te vê na rua desse jeito ela te mata!

–Ih, mata mesmo! O biquíni é dela!

 

Orai, irmãos!

— Meu filho é padre. Quando ele entra em qualquer lugar, todos se levantam e dizem: ‘Boa tarde, Padre!’

— Pois o meu é bispo. Quando chega com aquela roupa,todos param e dizem: ‘Sua benção, bispo!’

— Pois o meu é cardeal. Quando entra em uma sala, todos se levantam beijam o seu anel e dizem: ‘Sua benção, Eminência!’

— Meu filho tem 1.90m, é bronzeado, com olhos verdes, pratica musculação e trabalha como stripper. Quando entra numa sala todo mundo olha e diz: ‘Meu Deus!!!’

 

Milagre?

— O que está fazendo, meu filho?

— Tô rezando pra que o rio Amazonas vá pra Bahia.

— O rio Amazonas na Bahia? Mas, por que, meu filho?

— Porque foi o que escrevi na prova de Geografia.

 

Modernagem

— Mamãe, posso vestir seu baby-doll?

— Já disse que hoje não, Franzido Luís!

 

Carta do bordel para o Congresso:

— Queridos filhos…

 

Pregado no poste: “Um alegre dia das Mães”

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *